sexta-feira, 15 de dezembro de 2017

Marcha do MST - Campo do Meio/MG, contra a violência, pela Reforma Agrár...

Marcha
do MST em Campo do Meio, no sul de Minas Gerais, contra a violência, pela
Reforma Agrária - 1a Parte - 11/12/2017.

 Após reiteradas
ações de violência contra camponeses e camponesas, e tentativa de assassinato,
em Campo do Meio, sul de Minas Gerais, MST e defensores dos Direitos Humanos
realizaram, dia 11/12/2017, uma manifestação com Marcha, Celebração e Ato
Político contra a violência, contra derrubada de direitos e a favor da Reforma
Agrária, pela superação do conflito agrário que se arrasta há mais de 20 anos,
com disputa das terras da antiga Usina Ariadnópolis (cerca de 5.000 hectares),
cuja área encontra-se em processo de desapropriação, por meio de decreto feito
pelo governador do Estado de Minas Gerais, Fernando Pimentel.
*Reportagem em vídeo de frei Gilvander
Moreira, da CPT e do CEBI. Campo do Meio, sul de MG, dia 11/12/2017.



Obs.: Inscreva no you tube no Canal Frei
Gilvander Luta pela Terra e por Direitos, no link:
https://www.youtube.com/user/fgilvander . E assista a outros vídeos de luta por
direitos sociais. Se gostar, compartilhe. Se assistir e gostar, compartilhe,
sugerimos.


terça-feira, 12 de dezembro de 2017

POVO DAS OCUPAÇÕES DA IZIDORA FAZ MANIFESTAÇÃO NA SEDE DA CEMIG E PARTICIPA DE REUNIÃO COM DIRETORES DA CEMIG, em Belo Horizonte, MG, dia 12/12/2017.

POVO DAS OCUPAÇÕES DA IZIDORA FAZ MANIFESTAÇÃO NA SEDE DA CEMIG E PARTICIPA DE REUNIÃO COM DIRETORES DA CEMIG, em Belo Horizonte, MG, dia 12/12/2017.


Hoje, dia 12/12/2017 - 120 anos de Belo Horizonte - uma grande representação do Povo das Ocupações da Izidora fez manifestação na Porta da sede da CEMIG, em Belo Horizonte, MG, e, após 20 minutos de pressão para poder entrar para participar de Reunião de lideranças das Ocupações da Izidora - Rosa Leão, Esperança e Vitória - com diretores da CEMIG, reunião já agendada a pedido do MLB, entraram e participaram por 2 horas de reunião em uma sala da CEMIG. Crianças e mães apresentaram cartas das crianças pedindo energia e clamaram para que a CEMIG instale rede de energia nas três Comunidades da Izidora. Foi muito comovente ver e ouvir crianças e mães relatarem as imensas dificuldades que é sobrevier sem energia em casa. Frei Gilvander pontuou: "Hoje, dia 12/12/2017, Belo Horizonte, uma das maiores cidades do Brasil, está comemorando 120 anos de existência. É uma injustiça que clama aos céus existir ainda milhares de pessoas sobrevivendo em Belo Horizonte sem energia, no escuro, usando vela para iluminar a casa. Na Ocupação Dandara, em BH, duas crianças morreram carbonizadas porque dormiam com uma vela acesa que acabou incendiando o barraco de madeirite de 4 metros quadrados onde elas viviam. A CEMIG, o Governo de MG e a prefeitura já deveriam ter instalado rede de energia nas Ocupações da Izidora, inclusive. A CEMIG está colocando energia em 11 Acampamentos (Ocupações) do MST, em Campo do Meio, no Sul de MG, no latifúndio da Ariadnópolis. Que beleza! Por que a CEMIG não coloca energia nas ocupações da Izidora?" Após uma longa reunião, saímos da CEMIG com uma Ata de Reunião das Comunidades da Izidora com a CEMIG, constando o seguinte: "A CEMIG declara o interesse de instalação de rede elétrica para fornecimento a título precário nas Ocupações da Izidora (Vitória, Esperança e Rosa Leão), embasada na Resolução Normativa n. 414, da Agência Nacional de Energia Elétrica – ANEEL -, de 9 de setembro de 2010, bem como outras normativas que garantem os direitos fundamentais de todo ser humano. Ainda, afirma o compromisso de comparecimento na reunião com a Prefeitura de Belo Horizonte e URBEL em 20 de dezembro de 2017, quarta-feira, às 9h na sede da URBEL, em BH, no sentido de encaminhar de maneira prática e ágil a instalação de rede elétrica nas ocupações da Izidora. Por fim, a CEMIG se compromete a estabelecer uma comissão composta pela Nelzinha Santos, Gonzaguinha e Carlos Renato, funcionários da CEMIG, para participar da discussão da emenda do Plano Diretor no que toca as ocupações urbanas de Belo Horizonte e região metropolitana. Belo Horizonte, 12 de dezembro de 2017." A Ata foi assinada pelos diretores e lideranças das Ocupações da Izidora, inclusive por representantes da CPT, MLB, Brigadas Populares e Coletivo Margarida Alves. Com luta venceremos!
2ª parte:

Obs.: A transmissão ao vivo foi feita em 6 partes. Assista às outras partes na página o RESISTE IZIDORA no facebook, abaixo. Se gostar, compartilhe.
1ª parte:
3ª parte:
4ª parte:
5ª parte:
6ª parte:


sexta-feira, 8 de dezembro de 2017

Leonardo Péricles/MLB - 1a Parte - Encontro Estadual do Conselho da CPT/...

Leonardo
Péricles/MLB, 1ª Parte, no Encontro Estadual do Conselho da CPT/MG, em Belo
Horizonte/MG: análise de conjuntura, dia 17/11/ 2017.

Leonardo Péricles: Conhecer a realidade,
resistir ao poder opressor, enfrentar esse poder, lutar por uma nova sociedade,
liberta do capitalismo.

De 17 a 19 de novembro/2017, foi realizado, em Belo Horizonte/MG, o Encontro do
Conselho Estadual da Comissão Pastoral da Terra do Estado de Minas Gerais
(CPT/MG). Dias de análise, avaliação da caminhada de luta e resistência,
celebração das conquistas e posicionamento diante de tantos desafios impostos
pela opressão do capitalismo. Nesse vídeo, a intervenção de Leonardo Péricles,
da Coordenação Nacional do MLB (Movimento de Luta nos Bairros, Vilas e
Favelas), fazendo Análise da conjuntura. 1a Parte. 
*Registro de frei Gilvander Luís Moreira, da
CPT e do CEBI. Belo Horizonte/MG, 17 de novembro/2017.



Obs.: Inscreva no you tube no Canal Frei
Gilvander Luta pela Terra e por Direitos, no link:
https://www.youtube.com/user/fgilvander . E assista a outros vídeos de luta por
direitos sociais. Se gostar, compartilhe. Se assistir e gostar, compartilhe,
sugerimos.


Luta pelo direito à água na Ocupação Novo Paraíso/BH/MG– 2ª Parte – BH...

Luta
pelo direito à água na Ocupação Novo Paraíso, em Belo Horizonte/MG – 2ª Parte –
BH/MG – 26/9/2017.

Acesso à água potável: direito essencial da
dignidade humana

A Ocupação-Comunidade Novo Paraíso, localizada no Bairro Palmeiras, em Belo
Horizonte/MG, é uma comunidade plenamente consolidada, com, aproximadamente,
350 famílias, com casas de alvenaria e muito organizada no trabalho coletivo.
Há 5 anos na luta e resistência pelo sagrado direito à moradia, seus moradores
enfrentam também a luta pelo direito à água. Espera-se que a COPASA entre
com determinação na Comunidade, de forma a garantir o direito do acesso à água
a seus moradores que chegam a ficar 20, 30 dias sem água. Água é um bem comum,
um direito social, de todos, e não pode ser tratada como mercadoria.

*Reportagem em vídeo de frei Gilvander Moreira, da CPT e do CEBI. Belo
Horizonte/MG, 26/9/2017.



Obs.:
Inscreva no you tube no Canal Frei Gilvander Luta pela Terra e por Direitos, no
link: https://www.youtube.com/user/fgilvander . E assista a outros vídeos de
luta por direitos sociais. Se gostar, compartilhe. Se assistir e gostar,
compartilhe, sugerimos.


quarta-feira, 6 de dezembro de 2017

Anderson DVD, do MLB, na Audiência Pública em Nova Lima/MG - Grilagem de...

Terra para trabalho e moradia, não para especulação,
Já! GRILAGEM DE TERRA é intolerável.

Pronunciamento de Anderson
DVD, do MLB (Movimento de Luta nos Bairros, Vilas e Favelas), na Audiência
Pública realizada, dia 30/11/2017, na Câmara Municipal de Nova Lima/MG, para
debater a grilagem de terra na região.



Obs.: Inscreva no you tube no
Canal Frei Gilvander Luta pela Terra e por Direitos, no link:
https://www.youtube.com/user/fgilvander . E assista a outros vídeos de luta por
direitos sociais. Se gostar, compartilhe. Se assistir e gostar, compartilhe,
sugerimos.


segunda-feira, 4 de dezembro de 2017

Frei Gilvander: Diversidade Religiosa-Igreja Católica-Escola Machado de ...

Frei Gilvander: Diversidade Religiosa na Escola Municipal Machado de
Assis, em Contagem/MG, dia 23/11/2017: respeito e amor, sim; discriminação,
não.

Na Semana da Consciência Negra, a
Escola Municipal Machado de Assis, em Contagem/MG, promoveu uma Roda de
Conversa tendo como tema a “Diversidade Religiosa”, com abordagem especial de
situações de intolerância religiosa. Participaram do debate representantes de
diversas  igrejas e religiões. Nesse
vídeo, o posicionamento de frei Gilvander Luís Moreira, da CPT e do CEBI,
representando a Igreja Católica.



Obs.: Inscreva no you tube no
Canal Frei Gilvander Luta pela Terra e por Direitos, no link:
https://www.youtube.com/user/fgilvander . E assista a outros vídeos de luta por
direitos sociais. Se gostar, compartilhe. Se assistir e gostar, compartilhe,
sugerimos.


domingo, 3 de dezembro de 2017

Professor Aderval, Antropólogo, na SPU/BH/MG/em reunião com Pesqueiros/V...

Pronunciamento do Professor Aderbal Costa Filho, antropólogo da UFMG, na reunião na SPU, em Belo Horizonte, MG, com Comunidades Pesqueiras/Vazanteiras/MG. 13/11/2017.

Com luta e resistência, pescadores/vazanteiros de Comunidades Tradicionais do norte de Minas Gerais conseguiram se reunir com a Superintendência do Patrimônio da União (SPU), no dia 13/11/2017. Participaram das reuniões o Superintendente da SPU, Vicente Diniz ,representantes das Comunidades Pesqueiras/Vazanteiras acampadas em frente ao prédio do Ministério da Fazenda, onde funciona também a SPU, frei Gilvander Moreira, pela CPT (Comissão Pastoral da Terra), Irmã Neusa Francisca, pelo CPP (Conselho Pastoral de Pescadores), Advogadas e Advogado da RENAP (Rede Nacional de Advogadas e Advogados Populares), Dr. Edmundo, do Ministério Público Federal, Dra. Kelly, representante da Controladoria Geral da União, Professor Aderval, antropólogo da UFMG, entre outros/as.

*Registro de frei Gilvander Luís Moreira, da CPT e do CEBI. Belo Horizonte/MG, 13/11/2017.

Obs.: Inscreva no you tube no Canal Frei Gilvander Luta pela Terra e por Direitos, no link: https://www.youtube.com/user/fgilvander . E assista a outros vídeos de luta por direitos sociais. Se gostar, compartilhe. Se assistir e gostar, compartilhe, sugerimos.



Ocupação Novo Paraíso/Belo Horizonte/MG: Luta pelo direito à água. 1ª Pa...

Ocupação Novo Paraíso, em Belo Horizonte,
MG: Luta pelo direito à água. 1ª Parte. BH/MG, 26/9/2017.


Acesso à água potável: direito essencial da dignidade humana.

A Ocupação-Comunidade Novo Paraíso, localizada no Bairro Palmeiras, em Belo
Horizonte, MG, é uma comunidade plenamente consolidada, com, aproximadamente,
350 famílias, com casas de alvenaria e bem organizada no trabalho coletivo. Há
5 anos na luta e resistência pelo sagrado direito à moradia, os moradores
enfrentam também a luta pelo direito à água. Espera-se que a COPASA entre
com determinação na Comunidade, de forma a garantir o direito do acesso à água
a seus moradores que chegam a ficar 20, 30 dias sem água. Água é um bem comum,
um direito social, e não pode ser tratada como mercadoria, nem para atender a
grupos privilegiados.

*Reportagem em vídeo de frei Gilvander Luís Moreira, da CPT e do CEBI. Belo
Horizonte/MG, 26/9/2017.



Obs.:
Inscreva no you tube no Canal Frei Gilvander Luta pela Terra e por Direitos, no
link: https://www.youtube.com/user/fgilvander . E assista a outros vídeos de
luta por direitos sociais. Se gostar, compartilhe. Se assistir e gostar,
compartilhe, sugerimos.


quinta-feira, 30 de novembro de 2017

Depoimento de Marino - 3a Parte- Seminário de Ecoteologia e Mineração - ...

Depoimento de Marino (3a Parte), no Seminário
de Ecoteologia e Mineração, em Mariana/MG, dia 06/11/2017.

A
lama tóxica destruiu histórias... A lama tóxica destruiu vidas...

Terceira parte do comovente, grave e revelador depoimento de Marino
D'Ângelo Júnior, morador, membro da Comissão dos Atingidos pela lama tóxica, em
Mariana/MG. O depoimento foi dado aos participantes do Seminário Ecoteologia e
Mineração, quando visitavam a região atingida pela lama tóxica causada pelo
rompimento da Barragem do Fundão. O Seminário aconteceu em Mariana/MG, de 05 a
07 de novembro/2011, por iniciativa da Rede Igrejas e Mineração, no marco
celebrativo dos dois anos do maior crime ambiental da história do Brasil.

*Registro de frei Gilvander Luís Moreira, da CPT e do CEBI. Mariana/MG,
06/11/2017.



Obs.:
Inscreva no you tube no Canal Frei Gilvander Luta pela Terra e por Direitos, no
link: https://www.youtube.com/user/fgilvander . E assista a outros vídeos de
luta por direitos sociais. Se gostar, compartilhe. Se assistir e gostar,
compartilhe, sugerimos.


quarta-feira, 29 de novembro de 2017

Em nome da inocência: Justiça

“EM NOME DA INOCÊNCIA: JUSTIÇA”, FILME
DOCUMENTÁRIO IMPERDÍVEL.
O
que a Morte do Reitor da UFSC tem a ver com você! Documentário que mostra o que
de fato aconteceu com o Reitor Luiz Carlos Cancellier de Olivo. Contra o abuso
de autoridade! Conta o Estado Fascista! Contra a Mídia manipuladora! Assista e
divulgue.



Obs.:
Inscreva no you tube no Canal Frei Gilvander Luta pela Terra e por Direitos, no
link: https://www.youtube.com/user/fgilvander . E assista a outros vídeos de
luta por direitos sociais. Se gostar, compartilhe. Se assistir e gostar,
compartilhe, sugerimos.


A dor e o clamor do povo Gerú-Tukunã Pataxó/MG, em Enc. da CPT/MG: CEMIG...

Em MG, Povo Indígena Gerú-Tukunã Pataxó
clama por regularização do seu território e por energia da CEMIG.

De
17 a 19 de novembro/2017, foi realizado, em Belo Horizonte/MG, o Encontro do
Conselho Estadual da Comissão Pastoral da Terra do Estado de Minas Gerais
(CPT/MG). Dias de análise, avaliação da caminhada de luta e resistência,
celebração das conquistas e posicionamento diante tantos desafios impostos pela
opressão do capitalismo.

Nesse vídeo, a dor e o clamor de Cremes, vice-cacique da Aldeia Gerú-Tukunã
Pataxó, município de Açucena, pelo direito à regularização do território e à
energia elétrica na comunidade.

*Registro de frei Gilvander Luís Moreira, da CPT e do CEBI. Belo Horizonte/MG,
18 de novembro/2017.



Obs.:
Inscreva no you tube no Canal Frei Gilvander Luta pela Terra e por Direitos, no
link: https://www.youtube.com/user/fgilvander . E assista a outros vídeos de
luta por direitos sociais. Se gostar, compartilhe. Se assistir e gostar,
compartilhe, sugerimos.


Barragem de Jequitaí/MG, da CODEVASF: Frei Gilvander e Irmã Etelvina, d...

Barragem de Jequitaí, no norte de Minas
Gerais, da CODEVASF: frei Gilvander conversa com Irmã Etelvina, da CPT/MG,
sobre os direitos dos Atingidos pela Barragem.
Entrevista
gravada dia 21/11/2017. Mais uma vez milhares de atingidos serão violentados
nos seus direitos?

Nota
da CPT/MG, de 29/11/2017, denuncia: “Governo Federal e de Minas atropelam
atingidos em Jequitaí, no norte de Minas Gerais.

CODEVASF E SEAPA/MG não estão respeitndo os direitos dos atingidos pela
barragem de Jequitaí. Não estão cumprindo acordo com Conselho Estadual de
Assistência Social (CEAS/MG). Não estão acatando orientações do Ministério
Público Estadual e nem do Ministério Público Federal (MPE e MPF). Não estão reunindo
com a Comissão de Atingidos da Barragem de Jequitaí. Não tem um cadastro que
envolva todos os atingidos. Pressionam o povo a assinar contratos com valores
defasados, que além de registrar a terra no nome do Governo do Estado de MG, as
famílias não sabem onde serão reassentadas. Os empreendedores não têm terra para
reassentar os atingidos. Até quando o Governo de Minas, aliado ao Governo
Federal, vai continuar com esse massacre ao atingidos pela barragem de
Jequitaí? Agora promovem Audiência Pública para legitimar a injustiça.

Assina essa Nota Pública:
Comissão
Pastoral da Terra de Minas (CPT/MG), em 29/11/2017.”



Obs.:
Inscreva no you tube no Canal Frei Gilvander Luta pela Terra e por Direitos, no
link: https://www.youtube.com/user/fgilvander . E assista a outros vídeos de
luta por direitos sociais. Se gostar, compartilhe. Se assistir e gostar,
compartilhe, sugerimos.


Seminário Ecoteologia e Mineração - Mariana/MG - Professora Shirley Kren...

Seminário
Ecoteologia e Mineração, em Mariana/MG: testemunho da professora Shirley Krenak
(Djukurnã), dia 05/11/ 2017.


Foi realizado em Mariana/MG, de 05 a 07/11/2017, o Seminário “Espiritualidades,
Resistências e Alternativas em Defesa dos Territórios”, no marco celebrativo
dos dois anos do maior crime ambiental da história do Brasil. O evento,
promovido pela Rede Igrejas e Mineração, reuniu cerca de 40 pessoas, entre
agentes pastorais, ativistas que trabalham em áreas de extrativismo,
representantes de povos indígenas e quilombolas, teólogos e estudiosos da
questão minerária. Nesse vídeo, a participação da Professora Indígena Shirley
Krenak, “Djukurnã”, do povo Krenak, integrante da Mesa 1 do Seminário, que teve
como tema: “Mineração: Disputas e Resistências nos Territórios”.

*Registro de frei Gilvander Luís Moreira, da CPT e do CEBI. Mariana/MG,
05/11/2017.



Obs.: Inscreva no you
tube no Canal Frei Gilvander Luta pela Terra e por Direitos, no link:
https://www.youtube.com/user/fgilvander . E assista a outros vídeos de luta por
direitos sociais. Se gostar, compartilhe. Se assistir e gostar, compartilhe,
sugerimos.